5 ações de RH para intensificar o crescimento da sua empresa

Humanus

Crescimento da empresa

O crescimento da empresa está ligado ao setor de RH. Apesar de existirem outros fatores, a colaboração de pessoas é essencial na prestação de serviços, vendas ou produção. Os trabalhadores são a principal força que faz um negócio funcionar.

Nesse sentido, o gestor deve adotar medidas e ações para melhorar esse departamento. Afinal, ele atua diretamente com os seus funcionários. Foi pensando nisso que nós resolvemos escrever este artigo.

A seguir, mostraremos algumas dicas de ações que você pode adotar para potencializar o seu RH e contribuir para o crescimento da empresa. Boa leitura!

1. Gestão de desempenho

Uma das primeiras ações de RH que contribuem para o crescimento da empresa é a gestão de desempenho. Como sabemos, gerenciar o andamento do trabalho dos colaboradores é essencial para ter uma administração empresarial bem-sucedida.

Esse gerenciamento deve ser feito em diversas etapas que vamos mencionar logo a seguir. Contudo, antes é importante entender a necessidade desse trabalho. Ele é fundamental para encontrar gargalos e pontos falhos de determinados setores.

Assim, é possível fazer modificações que melhorem o desempenho dos colaboradores. Esse processo é feito analisando os seguintes pontos:

  • planejamento e negociação do desempenho, fase em que inicia o processo, estabelecendo tarefas e comportamentos esperados pela empresa;
  • acompanhamento da performance, momento de ajuste e análise dos processos envolvidos e fluxos de trabalho adotados;
  • avaliação de desempenho, sendo uma fase de coleta de dados para avaliar a atuação dos funcionários;
  • análise de resultados e tomada de ações para melhorias.

Assim, o processo de gestão de desempenho abrange uma série de tarefas. Elas são amplas e proporcionam uma visão geral da forma como os seus colaboradores atuam. Outro ponto importante é que os empresários podem usar a tecnologia para realizar essa atividade.

2. Sucessão de carreira para crescimento na empresa

Outra ação importante é a definição de um plano de sucessão de carreira. Em suma, trata-se de uma ferramenta cujo objetivo é identificar profissionais com características específicas relacionadas à liderança e áreas relacionadas a setores específicos.

Com esse tipo de informação em mãos, os empresários geram um planejamento para que os colaboradores que têm essas características possam crescer na carreira. A gestão estratégica de Recursos Humanos deve manter em mente o planejamento para o futuro do seu empreendimento.

Assim, a empresa pode pensar no desenvolvimento de cada colaborador ou de uma equipe na totalidade. O plano de sucessão de carreira também é uma forma de demonstrar que o gestor valoriza o talento de seus funcionários.

Também dá ao colaborador uma visão de futuro mais clara na empresa. Ao fazer isso, você pode reter talentos na sua companhia, o que contribui para o crescimento do negócio a longo prazo.

3. Motivação e engajamento dos colaboradores

Outro ponto importante é o investimento em motivação e engajamento dos seus colaboradores. Talvez, essa é a ação de RH mais simples de ser adotada e a que proporciona resultados muito rápidos e tangíveis.

Ela deve ser aplicada diariamente em diversos elementos de um negócio. Por exemplo, disponibilizar um espaço físico agradável, ferramentas e equipamento de boa qualidade contribui em muito para a motivação e o engajamento dos funcionários.

Outra dica interessante é promover cursos, treinamentos ou reuniões. Elas podem ser realizadas para agregar conhecimentos à equipe. Todavia, também podem ocorrer para criar momentos de descontração e divertimento entre os funcionários. Geralmente, depois dessas ocasiões, eles tendem a retornar mais engajados e motivados.

Mais um ponto importante é investir no crescimento de cada colaborador. Isso mostra-lhes que a empresa está preocupada com o seu sucesso. Assim, proporciona um sentimento de reciprocidade que é retribuído em forma de qualidade no trabalho realizado.

Contudo, você pode perceber que muitas dessas ações demandam investimentos. Portanto, é preciso gastar dinheiro com todos esses itens. Alguns empresários enxergam isso com maus olhos, porém, todo esse gasto deve ser visto como uma forma de investimento no crescimento da companhia.

Afinal, funcionários motivados e engajados rendem mais. Por consequência, o trabalho realizado na sua empresa terá melhor qualidade e efetividade.

4. Gestão de clima e cultura organizacional

Também é importante adotar a gestão de clima e cultura organizacional. Esse processo afeta a motivação dos seus colaboradores. Logo, é uma ação que deve caminhar de mãos dadas com a mencionada no tópico anterior.

Quando esses aspectos não funcionam bem, o dia a dia dos colaboradores é comprometido. Afinal, se eles não se sentem bem na empresa, é possível que o trabalho seja prejudicado. Dessa forma, a qualidade dos serviços e as entregas também serão afetadas negativamente.

Nesse sentido, pode ocorrer um reflexo negativo nos resultados de vendas ou prestação de serviços. O clima e a cultura organizacional são importantes para a equipe que lida com os seus clientes. Se eles estão mal estruturados, é possível que você perca potenciais consumidores devido ao atendimento ineficaz. Logo, esse é um aspecto fundamental para o futuro das empresas.

5. Gestão e política de benefícios

Por fim, é importante oferecer uma boa gestão de benefícios. Existem alguns que são oferecidos por determinações legais, como: vale-transporte, vale-alimentação, plano de saúde ou outros que são exigidos pela lei ou pelos sindicatos.

Contudo, a verdadeira gestão de benefícios é aquela que oferece vantagens reais para o colaborador, e não somente para cumprir determinações legais. Alguns exemplos que você pode oferecer é:

  • dias de folga;
  • programas de recompensas;
  • cursos gratuitos;
  • gratificações por determinadas ações.

O mais importante nesse aspecto é verificar os benefícios com real valor para os seus colaboradores. É fundamental que eles percebam que a empresa, de fato, tem o desejo de proporcionar algum tipo de vantagem ao funcionário. Isso favorece a retenção de talentos e, até mesmo, a facilidade de encontrar bons profissionais em processos de recrutamento.

Ao aplicar essas boas ações de RH em sua organização, os seus colaboradores atuarão com mais produtividade, motivação, foco e determinação. O resultado disso é muito prático e simples: o crescimento da empresa é positivamente afetado. Portanto, essas são práticas que devem ser adotadas em seu negócio para ele crescer.

Gostou deste artigo? Então, que tal compartilhá-lo em suas redes sociais? Assim, você ajuda outros gestores a alinhar suas estratégias de crescimento!

Posts Relacionados

Descubra como o RH pode dar uma forcinha na saúde mental do time

Transformação digital no RH: veja como pode ajudar na otimização de processos

Como serão os profissionais do futuro?

5 tendências do RH no pós-pandemia

Comentários