Avaliação de competência e performance: entenda como funciona

Humanus

Avaliação de competência

A avaliação de competência e performance é uma ferramenta fundamental à área de Recursos Humanos. Isso porque ajuda o profissional de RH a garantir uma visão geral sobre cada membro do time que acompanha. Por meio dos conhecimentos obtidos, é possível contribuir para o crescimento saudável da equipe, o que culmina em melhores resultados na empresa.

Além disso, o sistema impacta outro fator essencial ao bem-estar organizacional: o reconhecimento. Ao ter uma boa noção das competências dos talentos, a formulação de planejamentos de remuneração e de premiações condizentes à colaboração se torna mais simples. Por fim, a avaliação permite identificar potenciais dificuldades por parte da equipe, aprimorando os treinamentos.

Percebe a importância da prática? Então, acompanhe o artigo e saiba ainda mais sobre ela!

O que é avaliação de competência e performance?

Conforme o nome indica, essa atividade diz respeito a um processo avaliativo. Contudo, seu propósito não é apenas o de ranquear os talentos conforme suas capacidades. Na verdade, a prática visa melhorar o sistema de trabalho em sua totalidade. Isso é feito ao avaliar as tarefas, o potencial de desenvolvimento, os objetivos e os resultados de cada colaborador.

Após essa primeira análise, você entende de que maneira determinado funcionário se encaixa na dinâmica da empresa. A partir daí, o foco é o desenvolvimento desse profissional, o que culminará em melhores retornos para a empresa.

De modo geral, a avaliação de competência e performance se divide em observação por desempenho ou por meta. A primeira se pauta na ideia de que as competências do talento podem ser percebidas em seu trabalho cotidiano. Já a segunda avalia a capacidade do profissional de atingir os objetivos esperados — em vista dos estímulos certos.

Contudo, de modo a realmente entender a proposta do sistema, é preciso compreender o conceito de competência. Nesse momento, é interessante conhecer o conjunto de Conhecimentos, Habilidades e Atitudes, cuja sigla é CHA. Ele é diretamente considerado na hora de avaliar o desempenho comportamental e técnico de um funcionário.

Assim, tendo em vista o CHA, o gestor de RH que aplica a avaliação de competência obtém respostas que o ajudam a:

  • entender as particularidades de cada membro do time;
  • corrigir problemas;
  • tomar decisões que melhorem o desempenho futuro;
  • criar treinamentos que edifiquem a equipe na totalidade;
  • informar a liderança sobre possíveis reciclagens;
  • conhecer o padrão de comportamento do time, entre outros detalhes.

Como funciona?

A avaliação de competência e performance se inicia com o mapeamento da equipe. Ele procura traçar padrões de identificação entre os domínios técnicos e comportamentais dos funcionários da empresa com os que são esperados na função que executam.

Em seguida, o profissional de RH cria um perfil para cada um. Por meio dele, o especialista saberá se o time está alinhado, de que forma agir caso não haja o alinhamento e, inclusive, se é possível fazer algo que melhore os resultados.

Apesar de parecer engessado, esse sistema pode ser bastante flexível. Tudo dependerá do próprio RH, que deve observar os perfis traçados dentro do contexto da empresa, categorizar as prioridades e pesos de cada competência e buscar entender de que modo o resultado total impacta o crescimento da organização. Com isso, é possível tomar decisões mais acertadas ao lidar com o time.

Como a avaliação de competência e performance é feita?

Existem diferentes formas de avaliar a competência dos membros dos setores da empresa. Inclusive, os indicadores de desempenho podem ser bem úteis no acompanhamento do time. Contudo, no método de avaliação de competência e performance, existe um padrão que costuma ser seguido.

Na prática, esse tipo de processo avaliativo usa os três eixos apresentados na sigla CHA.

Conhecimentos

No quesito Conhecimentos, serão identificados os profissionais que estão aptos a realizar determinadas tarefas dentro das expectativas de seus cargos; por exemplo, lidar com o Excel. Caso a resposta seja positiva nesse sentido, o especialista em RH continuará a análise para entender qual é o nível de conhecimento do talento em relação à ferramenta.

Habilidades

Em Habilidades, ele buscará entender de que maneira o funcionário aplica o conhecimento teórico que possui, independentemente de como ou onde o obteve.

Atitudes

Ao avaliar as atitudes, ele observará as capacidades comunicativas, de jogo de cintura e de resposta a momentos críticos. Elas dizem respeito ao caráter interpessoal do colaborador e já darão bons indícios sobre o que esperar no relacionamento com outros membros da equipe.

Ao aplicar o que aprendeu sobre cada profissional na realidade da empresa, o especialista em RH estará apto a tomar decisões conscientes e que ajudam a equipe a prosperar ainda mais. Assim, poderá levar suas sugestões ao conhecimento da liderança, que trabalhará junto a ele para encontrar formas de otimizar os resultados do time.

Qual é o impacto da avaliação de competência e performance?

O maior efeito desse sistema avaliativo é, sem dúvidas, a capacidade de ofertar amparo às demandas individuais de cada colaborador. Com isso, eles podem se desenvolver, reencontrar seus propósitos na empresa e atingir os objetivos propostos com avidez. A avaliação também ajuda a liderança a remunerar os esforços de acordo; isto é, em proporção às melhorias que o talento demonstra.

Desse modo, a tendência é que todos saiam vitoriosos. O RH, por conseguir realizar uma gestão de pessoas no varejo humanizada e individual. Os colaboradores, por terem seus pontos fracos trabalhados, melhorando a performance. E a companhia é beneficiada ao se desenvolver junto a uma equipe alinhada ao progresso do negócio, que é reconhecida de maneira justa.

Caso siga o curso esperado, o resultado desse método é o aumento da produtividade e da motivação de toda a equipe, além da conquista de melhorias contínuas, tão positivas às organizações atuais.

Sendo assim, é interessante que os gestores de RH busquem pela implementação da avaliação de competência e performance. Afinal, ela ajudará a encontrar, de modo prático, os melhores caminhos para impulsionar o time de profissionais.

Gosta de ler sobre assuntos como esse? Então, siga as páginas da Humanus nas redes sociais! Estamos no Facebook, no LinkedIn, no YouTube e no Instagram.

Posts Relacionados

Como transformar os dados da sua folha de pagamento em informação estratégica?

RH 5.0: saiba quais mudanças a tecnologia pode trazer ao setor

eSocial Simplificado: saiba o que muda!

DIRF 2021: veja tudo o que você precisa saber sobre

Comentários